quarta-feira, 7 de novembro de 2018

"TUDO O QUE JULGA SABER ESTÁ ERRADO"


Este título sugestivo É de um livro de Richard Benson, que acaba de sair na Marcador (grupo Presença) com um grafismo simples mas sedutor.

O subtítulo "A verdade por detrás dos mitos e equívocos comuns" esclarece ao que vem o livro. A maior parte eu sabia, mas tive algumas surpresas. Eis alguns exemplo da vasta lista de erros muito comuns (em parêntesis a explicação resumida por mim)

- "A NASA não gastou milhões no desenvolvimento de uma caneta espacial (foi a empresa Fisher Pen e não foram milhões; e , sim, os lápis funcionam no espaço)
- "Os europeus medievais não acreditavam que a Terra era plana" (sabiam há muito que era redonda)
- "Frankenstein não é o nome do monstro de Mary Shelley" (o monstro não tem nome, o criador é que se chama Frankenstein)
- "O cabelo molhado não causa uma constipação" (a origem é um vírus)
- "O tomate não é um legume" (é uma fruta)
- "Os buracos negros não são buracos" (pelo contrário, são muito maciços)
- "O capitão Kirk nunca disse "Beam me up, Scotty" " (disse "Beam us up, Mr. Scott.")
- "Os elefantes não usam a tromba para beber" (bebem pela boca, claro).
- "Os humanos não evoluíram do macaco nem de nenhum outro primata existente" (temos com o macaco um antepassado símio comum)
- "Os morcegos não são cegos" ( têm olhos, vêm bem mas no escuro ouvem melhor)
- "Albert Einstein nunca chumbou num exame de matemática" (era bom a matemática)
- "Nem todos os dinossauros erram carnívoros" (a maioria era vegetariana)
- "As centopeia não têm cem pernas" (varia muito)
- "James Watt não inventou a máquina a vapor" (aperfeiçoou o modelo de Newcomen)
- "As pirâmides não foram construídas por escravos" (eram trabalhadores pagos, os que morreram na obra ficaram sepultados dentro)
- "Se quiser nadar depois de comer, não tem de esperar" (a menos que tenha sido uma refeição de 4 pratos)
- "Sherlock Holmes nunca disse "Elementary, my dear Watson (disse "Exactly, my dear Watson")
- "Isaac Newton não levou com uma maçã na cabeça" (falou de maçãs mas não se qieixou de ter apanhado com uma)
- "Uma moeda que caia de um arranha céus não mata ninguém" (já se for um saco delas...)
- O sangue nunca é azul (as veias é que parecem azuis vistas através da pele, o sangue é vermelho):
- "A guerra dos 100 anos não durou 100 anos" (durou 116)
- "Alexandre Graham Bell  não inventou o telefone (foi Antonio Meucci, 16 anos antes).
- " O Sol é amarelo" (é branco, só parece amarelo por causa da atmosfera).

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.