quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Dormir com o telemóvel ao lado faz mal?


Resposta no Magazine MAGG, em artigo da jornalista Ana Bernardino, a quem prestei declarações (claro que só estou a falar de efeitos físicos, há efeitos psicológicos perigosos da constante proximidade ao telemóvel, claro):

https://magg.pt/2018/08/02/dormir-com-o-telemovel-ao-lado-faz-mesmo-mal/

5 comentários:

  1. Nascer faz mal à saúde? Sim, acaba sempre em morte. Logo o nascimento é a causa da morte.

    ResponderEliminar
  2. Esta conversa é sempre a mesma Sr. Fiolhais:

    60 Years After The Thalidomide Crisis, We Finally Understand What Went Wrong
    https://www.sciencealert.com/biochemistry-mechanisms-behind-thalidomide-infant-deformities

    Este exemplo aplica-se a muitas coisas no Passado no Presente e no Futuro, até que o Sistema mude. O direito a querer ficar de fora devia seguir o caso do Tabaco e do Fumo. O Princípio da Precaução devia vir antes de tudo, mas o dinheiro e outros interesses falam mais alto. No caso das Microondas e EMF derivativas onde estão as zonas brancas (livres de microondas)? Porque não tenho direito a escolher?

    A conversa e as dúvidas fazem parte da fraude do sistema científico actual, desde o financiamento à publicação. Este senhor, Lennart Hardell - https://lennarthardellenglish.wordpress.com/ - foi o responsável pelos estudos que levaram a OMS a classificar as microondas como possivelmente cancerígenas (tipo 2B). Ele denunciou que já em 2011 havia matéria para classificar como (tipo A), mas a Indústria das Telecomunicações e Farmacêutica fez os impossíveis por travar a coisa, ao máximo, e o melhor que conseguiram foi o tipo 2B. O alerta já voltou a ser feito no seu blogue perante novas evidências.

    Vamos lá, a fraude começa logo quando nos comparam com um saco de gele (água) nas experimentações. A vida extracelular e intracelular é tudo menos semelhante a um saco de água. Poderá haver por aí muita gente que nem areia tem na cabeça, mas desde as comunicações celulares, até ao extremo complexo da vida celular, o monte de coisas que se insiste em excluir da experimentação científica, valida e expõe a verdade, como uma certeza. Isto de se calar toda a investigação independente soa à fraude que é. É isso que explica porque, apesar da sua idade, o Instituto Karolinska não descansou enquanto não afastou o investigador Olle Johansson, compulsivamente. Um dos maiores investigadores que investiga sem batota.
    http://www.aboutthesky.com/smallstorm-blog/2016/626-professor-olle-johansson-forced-early-retirement

    Esta é apenas uma das suas intervenções:
    http://electromagnetichealth.org/electromagnetic-health-blog/letter-johansson-smart-meters/

    A manipulação da sociedade através do uso indevido do conhecimento científico é um facto 100% real que nos assombra todos os dias. E toda a gente sabe disso! O Sr. Fiolhais sabe disso, mas como universitário é pago para ser um guardião sem consciência, nem Obra. Isto não é um ataque pessoal, é um facto concreto, pois nunca o vejo a meter a mão na controvérsia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://medium.com/one-great-graf/trump-make-word-salad-again-83c0256f0401

      Eliminar
    2. Divirta-se a encontrar provas concretas de todas essas afirmações. Até lá a sua sopa de letras vale tanto como uma divagação do Alex Jones.

      Eliminar
  3. Todos os regimes têm os seus divulgadores, apresentadores e explicadores. Estamos bem servidos, graças a deus.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.