quinta-feira, 2 de novembro de 2017

UMA ABORDAGEM DA CIÊNCIA AOS INCÊNDIOS FLORESTAIS




Na próxima 4ª feira, dia 8 de Novembro, pelas 18h00, vai ocorrer a 1ª palestra do Ciclo "Ciência às Seis"* de 2017/2018, intitulada "Uma abordagem da Ciência aos Incêndios Florestais" com Domingos Xavier Viegas, Professor Catedrático do Departamento de Engenharia Mecânica da UC e Director do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais. A palestra terá lugar no Rómulo Centro de Ciência Viva da Universidade. 





RESUMO DA PALESTRA:
"Os incêndios florestais constituem um problema muito complexo para a sociedade; os recentes acontecimentos em Portugal mostraram a vastidão e a gravidade do problema. A sua resolução envolve a participação de diversas áreas científicas e a conjugação de esforços na sociedade.
Serão referidos exemplos de áreas científicas em que se pode contribuir para melhorar os conhecimentos em varias componentes do problema, desde as ciências jurídicas, psicologia, ciências forenses, economia, biologia, geografia, silvicultura e agronomia, engenharia mecânica, informática, medicina e muitas outras.
Apresenta-se a titulo de exemplo a contribuição que tem vindo a ser dada nos passados trinta anos pela equipa do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da UC, com especialistas de diferentes áreas científicas, com prevalência para a engenharia Mecânica. Desta contribuição tem resultado uma melhoria do nível de compreensão dos fenómenos, de transferência de conhecimentos, que se tem traduzido numa maior segurança dos agentes operacionais."

*Este ciclo de palestras é coordenado por António Piedade, Bioquímico e Divulgador de Ciência.

ENTRADA LIVRE

Público-Alvo: Público em Geral

Link para este evento no facebook

2 comentários:

  1. Clube de Jornalistas » Incêndios misteriosos
    http://www.clubedejornalistas.pt/?p=14273#more-14273

    Saliento este comentário no artigo Clube de Jornalistas » Incêndios misteriosos:
    "Augusto Honório said:
    Meus Senhores:
    Ainda não perceberam?
    Já cansei de dizer que nos Escalos a senhora que regava as couves viu uma carrinha branca. Não viu trovoada alguma. Mas o ‘pinheiro incendiário’ já tinha sido escolhido. O sr Daniel Saúde (da TV) está à espera da PJ para depor. Que 12,3 Km em linha recta, no enfiamento da estrada, os aldeões da minha terra viram começar por essas horas outro em Fonte Limpa, Chã de Alvares e os srs do tal Relatório Independente só ‘viram’ o de Moninho a 20 Km na mesma direcção. As horas do satélite não batem certo. A mata de carvalhos estava cheia de humidade quando tudo escaldava. Uff! Mas os aldeões disseram logo: «Olha, foi no mesmo sítio de 2003»."

    EXPLICAÇÃO MAIS PROVÁVEL, É ESTE DISPOSITIVO EM ÓRBITA, SOBRE O QUAL HÁ EVIDÊNCIAS, RELATADAS EM 2011. É também uma garantia de silenciamento da classe política.

    A imagem do artigo "Incêndios misteriosos" tem total correlação com o uso de Directed Energy Weapons (DEW), sejam microondas, seja laser, na prática a diferença é pouca. Há também um interessante padrão de focos de incêndio em linha recta, por todo o país, não só nos casos aqui relatados neste artigo. Há anos que ouvi um testemunho de uma senhora americana (Deborah Tavares) que agora se torna relevante. Ela após ter perdido o seu filho (em condições duvidosas), começou a falar com fontes e a ter acesso a informações "off the records" e descobriu evidências de que existe pelo menos um dispositivo em órbita, capaz de explicar os eventos em Portugal e na Califórnia. É uma arma disfarçada de projecto de captação e transporte de energia solar, via microondas do Espaço até à Terra (receptor em Mojave). Obviamente, usando esta negação plausível, pode ser usado para pulverizar qualquer faixa do planeta, a custo zero, tal como pode servir para manipular a meteorologia, e depois culpar as alterações climáticas naturais ou o descuido da população. Esta tecnologia está em órbita há mais de década e meia (à data de 2011). É o terrorismo do 'Deep State' e da sua Agenda 2030, de que a Califórnia é um dos grandes alvos. Lembrem-se que o filme "GeoStorm" está aí para estreia, se é que não estreou cá já. O cinema é só programação preditiva.

    Deixo-vos com as imagens e os relatos, em MAIÚSCULAS o que deve ser visto com prioridade:

    DEBORAH TAVARES (VER DE 6:25 A 14:48 - REALIDADE DO DISPOSITIVO EM ÓRBITA)
    Busted in 2011! Agenda 21 Documentation To Burn Up Northern California
    https://www.youtube.com/watch?v=BTmQwS-GoAQ

    STRANGE ANOMALY OVER SANTA ROSA DURING FIRE (imagem de satélite, onde se pode ver o reflexo do dispositivo em órbita)
    https://www.youtube.com/watch?v=CzyDhrQdblk

    Incêndios misteriosos levam vilarejo no Egipto a culpar espíritos sobrenaturais
    https://www.youtube.com/watch?v=zgLNcTjVF7s

    VER LOGO AO INÍCIO, FICÇÃO TORNADA REALIDADE (PROGRAMAÇÃO PREDITIVA) e testemunhas que falam em lasers azuis vindo do alto, que se tornaram visíveis por interacção com o fumo, por fracções de segundos.
    Must See 100% Evidence of Directed Energy Used in CA, TN, Portugal, Canada Fires
    https://www.youtube.com/watch?v=DZ1ug8yhzEA

    Canal Gaudencio Figueiredo: https://www.youtube.com/user/Onitsphere/videos
    Exemplo:
    Imagens de satélite que mostram os focos no espaço e no tempo sobre Portugal
    https://www.youtube.com/watch?v=2MepfDPeLN4

    A característica dos incêndios deste ano é a anomalia, súbitos ventos fortes é outro dos traços, e não só por cá (ouvir testemunhas a 01:48)
    NorCAL Fires; Proof Positive Directed Energy Weather War Terrorism
    https://www.youtube.com/watch?v=2j6rRJ-8jQY

    (IMAGEM DE DRONES - ÁREA URBANA ARDIDA)
    California Gets Cooked | Fires Created by Microwave Directed Energy Weapon
    https://www.youtube.com/watch?v=MhHOMU-IhHA

    Há também
    Mais vídeos em Canal aplanetruth.info:
    https://www.youtube.com/channel/UCE5KlMLlrXWDhPklv7wK04g/videos

    ResponderEliminar
  2. O blogue fogos2017.blogspot.com apresenta imagens de satélite de alta-resolução (10 metros/pixel) dos fogos que ocorreram em Portugal em 2017. São centenas de imagens a cores, muito detalhadas, do "Antes e Depois" dos incêndios (mostram a mesma zona lado a lado, antes e depois do fogo). As imagens ajudam a perceber a dimensão dos fogos e o seu impacto nas populações. É preciso ver o que se passou para perceber, decidir, ajudar.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.