quarta-feira, 8 de novembro de 2017

"MISTÉRIOS DA ÁGUA" NO RÓMULO EM COIMBRA



Sabia que a água é uma das poucas substâncias que, na fase sólida, flutua em cima da fase líquida?  E que tem um calor de vaporização extraordinariamente elevado?

E que a água tem uma capacidade de absorção térmica verdadeiramente invulgar? E que é um dos líquidos com maior tensão superficial?

E, mais ainda, que é um extraordinário solvente? E que desempenha um papel importantíssimo na vida tal como a conhecemos na Terra?

Venha saber mais sobre a água, essa substância tão comum no nosso planeta (no qual existe nas três fases), mas que tem afinal algumas propriedades muito estranhas. Hoje sabemos muito sobre a água com base no conhecimento da sua estrutura  e dinâmica molecular, mas essa substância continua a ser objecto de investigação. Alguns mistérios foram revelados, mas outros permanecem por esclarecer.

O Doutor José Teixeira Dias, professor jubilado da Universidade de Aveiro e investigador do Centro de Química-Física Molecular da Universidade de Coimbra  vai desvendar, de um modo acessível, os mistérios da água no Rómulo - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, situado no rés do chão do Departamento de Física no dia 14 de Novembro pelas 16 horas.  Todos são benvindos.

O Doutor Teixeira Dias, conhecido não só pela sua extensa obra científica em Química-Física (o seu currículo poder ser visto aqui) como também pela sua grande capacidade pedagógica, é o autor do livro que acaba de ser publicado pela Springer

"Molecular Physical Chemistry – A Computer-based Approach using Mathematica® and Gaussian", Springer, 2017



2 comentários:

  1. E as qualidades homeopáticas? As evidência não páram:
    https://www.youtube.com/watch?v=xPM29iooUKo

    ResponderEliminar
  2. E uma vez mais as evidências vêm em forma de... vídeos de Youtube. A mesma plataforma onde encontramos "provas" que a Terra é plana, a Lua é um holograma e a Finlândia não existe.

    Porque Deus nos proiba de ter provas científicas da eficácia da homeopatia.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.