terça-feira, 5 de setembro de 2017

SUBDIRETOR ENTRA PARA CURSO EM QUE ERA PROFESSOR!

 No ensino superior português continuam a aparecer inovações. Do Correio da Manhã, 5/9/2017, com a devida vénia:

"O subdiretor e professor do curso de mestrado em Gestão e Empreendedorismo do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL) foi admitido como aluno no mesmo curso. O caso está a indignar estudantes e docentes do ISCAL, que não percebem como pode Carlos Manuel da Silva Nunes ser ao mesmo tempo subdiretor, professor e aluno. Na lista de seriação dos candidatos admitidos ao curso para o ano letivo 2017/2018, ocupa o primeiro lugar entre 43 candidatos, com 17,6 valores. O ISCALgarante que o docente vai abdicar dos cargos que desempenhou no ano letivo 2016/2017. "A partir do momento em que Carlos Manuel da Silva Nunes adquira o estatuto de alu - no não assume a função de docente no referido curso e deixará de ser subdiretor do mesmo". afirmou ao CM o gabinete de comunicação do es tabelecimento de ensino superior público, integrado no Politécnico de Lisboa. O ISCAL frisa que Carlos Nunes "não participou ou integrou o júri que avaliou a lista de seriação", o qual foi formado "pelo diretor do curso e mais dois elementos, por si designados"."

BERNARDO ESTEVES

1 comentário:

  1. Mais um fenómeno não do Entroncamento mas do chamado Ensino Superior Politécnico, embora nada me espante, como é uso dizer-se, depois de ter visto um urso andar de bicicleta no circo, ainda que se trate de um urso, na gíria académica, com altíssimas classificações no acesso a um curso em que passou de cavalo a burro, isto é, de subdirector a aluno. Enfim...

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.