terça-feira, 20 de junho de 2017

No Porto - "Não se deixe enganar"

O primeiro livro de divulgação científica da COMCEPT, "Não se deixe enganar", será apresentado amanhã, às 18h30, na livraria Bertrand do Shopping Cidade do Porto. A apresentação estará a cargo de Orfeu Bertolami, professor de Física da Universidade do Porto.

Este livro foi escrito por quatro membros da COMCEPT - Diana Barbosa, João L. Monteiro, Leonor Abrantes e Marco Filipe - e prefaciado pelo físico Carlos Fiolhais e pelo bioquímico David Marçal, ambos também autores de livros de divulgação científica. A edição é da Contraponto, uma chancela da Bertrand.

Marquem na agenda: a apresentação terá lugar em Coimbra, em dia a anunciar, e estará a cargo do professor Carlos Fiolhais.

Livro do dia na TSF: Poderão ouvir aqui um brevíssimo resumo de alguns dos temas abordados no livro.


9 comentários:

  1. Faz falta, sim. Esse e muitos mais, a batalha contra a intoxicação informativa dos aldrabróes não está ganha. Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. A batalha contra a intoxicação cientificista dos aldrabróes também está longe de estar ganha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão. E este livro é um excelente passo na direcção certa, se o ler.

      Eliminar
  3. Não li o livro mas penso que a acupunctura não é charlatanice e talvez possa vir a fundamentar-se cientificamente. Ou não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As meta-análises feitas mostram no geral que a acupunctura funciona ao nível do placebo, pelo que, por critérios médicos, deve ser considerado que não funciona.

      Eliminar
    2. Caros ignorantes, um placebo impressionante, ja que ate operacoes cirurgicas sao realizadas recorrendo a anestesia por acunpuctura.. Tirem as palas dos olhos. Entendam que o Ocidente é refém dos fármacos e daí nao haver interesse que outras portas se abram. O portugues é assim, limitado e tacanho, vai comendo td o que a tv impoe. Att. Manuel Mendes

      Eliminar
  4. Nesse livro falta um capítulo sobre a má conduta (vigarice) dos próprios cientistas... Este é o maior cancro da ciência na atualidade e no entanto (quase) todos fingem que não existe ...
    Seria interessante abordarem o tema delicado da poderosa influência da indústria farmacêutica na investigação biomédica. Esta indústria financia estudos "científicos" que são rejeitados quando os resultados não lhes convêm ... Os efeitos secundários dos medicamentos não são publicados e o resultado pode ser a morte de milhares de inocentes (lembram-se do VIOXX ?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mostra que critica sem ler, pois há de facto um artigo dedicado a má conduta científica... Também devia era haver um outro a explicar como isso não anula automaticamente a boa ciência que é feita, nem valida a ciência da treta como a homeopatia e afins.

      Eliminar
  5. O Senhor Manuel Mendes não vê a pura ironia de dizer que os outros comem o que a tv impõe quando defende algo multiplamente confirmado como sendo uma treta. Não se trate não, senhor (de preferência, um tratamento que não homeopatia!)...

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.