domingo, 2 de abril de 2017

Minhas declarações à SIC sobre recusa das vacinas

Um bom trabalho da SIC e da jornalista Ana Paula Almeida acerca do número crescente de casos de sarampo na Europa, para o qual prestei declarações.


20 comentários:

  1. Este tipo de reportagens é o contrário daquilo que deveria ser o esclarecimento sério. O sarampo pode causar o que é dito na reportagem, ninguém contesta isso, mas, a vacina é garantia para um terço dos vacinados terem inflamações no cérebro, cujas lesões serão reais e concretas. Portanto, lá porque isso é escondido sob o segredo dos actos médico/enfermagem, isso não significa que não haja outras formas de combater o impacto do sarampo, quando se apanha de forma natural. Vamos ser sérios e abrir-nos a todas as hipóteses a que a ciência parece querer fechar-se, errado é continuara cometer os mesmos erros, daí o temor surdo da população. A melhor imunização continua a ser a que o organismo cria. A desconfiança sobre as vacinas é fruto do culto do segredo, está na hora de evoluir e sobretudo de achar que o Estado existe para cuidar de nós, sabemos que isso é uma falácia. A continuação dos programas de vacinação, no descaminho em que marcham actualmente é que irão causar danos crescentes, as vacinas de hoje nada têm a ver com as do Passado, somos todos cobaias e isso vai contra todos os princípios humanistas. Na realidade há muitos sinais que nos indicam que a nossa imunidade natural está cada vez mais comprometida. Pode ser polémico o que digo, mas isso não invalidade o ponto de ordem. É preciso saber quando intervir demais é o maior erro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde é que estão as provas desses efeitos secundários? Com certeza tais inflamações seriam uma urgência grave da saúde nacional se acontecessem a um terço das pessoas como afirma. Não sei onde vai buscar a ideia de que as vacinas são um "culto do segredo" quando poucos temas há na medicina mais debatidos que as vacinas. Não vá em cantigas de quem só tem a ganhar por afastar as pessoas das vacinações, porque quem os convence disso é geralmente quem cobra a "alternativa" quando as pessoas ficam doentes.

      Eliminar
  2. A existência de tal coisa chamada de "vírus" é algo que está por confirmar cientificamente. Além disso, 02 reconhecidos laboratórios, incluindo o maior instituto do mundo e líder de genética, vieram desmentir categoricamente e de forma independente um do outro, chegando exactamente aos mesmos resultados, i.e. o vírus do sarampo não existe.
    http://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/mais-uma-mentira-das-farmaceuticas-172344

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27483301
      Devia escolher melhor as suas fontes de informação. O vírus do sarampo existe, logicamente, e a vacina previne a infeção.

      Eliminar
  3. Virologist Says Measles Virus Doesn't Exist - Offers 100K Reward For Anyone With Actual Evidence
    https://www.youtube.com/watch?v=Dxc1adZDnJ4

    Dr. Lanka is right. He offered 100,000 euros to anyone who could provide scientific evidence that the measles virus existed, has been ordered to pay up by a court. Doctor David Bardens attempted to claim the prize after providing the biologist with a comprehensive study that had been published in a medical journal.

    Com a SIDA também falta a prova do vírus:

    Dr. Stefan Lanka - Why HIV has never been isolated
    https://www.youtube.com/watch?v=_ow9rdOdNe0

    No fim, a prova fabricada para tribunal ver, acaba por confirmar a alegação original do virologista alemão. As provas não provam nada e o tribunal apenas se limitou a ser politicamente correcto e cientificamente vesgo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, já que usa vídeos de Youtube e blogues como provas científicas, suponho que não se importa que eu faça o mesmo:

      http://www.dailymail.co.uk/news/article-2993099/Biologist-does-not-believe-measles-exists-offered-100-000-euros-proved-wrong-ordered-judge-hand-cash-German-doctor-sent-medical-study.html

      http://theness.com/neurologicablog/index.php/yes-dr-lanka-measles-is-real/

      http://scienceblogs.com/insolence/2008/11/18/theres-no-such-thing-as-viruses/

      http://www.pepijnvanerp.nl/2017/01/disappointing-outcome-of-bardens-vs-lanka-measles-proven-to-exist-but-anti-vaxxer-lanka-keeps-his-money/

      https://www.youtube.com/watch?v=fzo_XTQP5II&list=PL890EE1A63AF7665B

      http://www.bbc.com/news/world-europe-31864218

      http://metro.co.uk/2015/03/16/anti-vaxxer-loses-e100000-bet-after-claiming-measles-was-not-a-virus-5105228/

      http://www.medicaldaily.com/anti-vaxxer-biologist-stefan-lanka-bets-over-100k-measles-isnt-virus-court-orders-him-325636

      http://www.latimes.com/business/hiltzik/la-fi-mh-a-vaccine-denier-20150320-column.html

      Não só esse Lanka é um aldrabão, mas um mentiroso também, já que face às provas apresentadas não pagou o prometido.

      Eliminar
  4. Já vi que os cépticos do Dr. Lanka não foram capazes de ouvir o que ele disse. O vosso problema é acharem que é normal dar o nome de uma "doença" nova a cada conjunto de sintomas característicos. O que se passa é exactamente o contrário. Uma "doença" pode apresentar no tempo toda uma mudança sintomática, à medida que se aprofunda no terreno, no organismo e as sua capacidade reactiva. Os médicos sabem disso, há muito tempo que trabalham nessa concepção! Além disso, o Dr. Lanka não nega a existência de um conjunto de sintomas que caracterizam o Sarampo, o que ele diz é que como virologista, não pode haver qualquer relação entre vírus e sarampo. Logo, a vacina só pode ser um embuste, e isto é que vos incomoda. O vírus da SIDA também permanece em parte incerta. Enfim, mas para vocês está tudo bem!!! Abençoada coragem dos poucos Lankas deste mundo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta ler os pormenores do caso de tribunal do sr Lanka para se perceber o quão falsas são as boas intenções desse senhor. A razão pela qual ele recorreu ao resultado de tribunal foi porque pediu um artigo que comprovasse a existência do vírus do sarampo e... foram dados seis. Logo "não foram seguidas as regras". Usar isto como argumento mostra o quão fechado ele está à opinião exterior.

      De qualquer modo, já vi que não tem é vontade nenhuma de ler algum dos artigos que lhe foram dados. Pois explicam muito bem como isso é tudo uma treta. Mas enfim, se prefere confiar num senhor que não é capaz de publicar um artigo científico há mais de 20 anos e que não existe no Pubmed do que em toda a comunidade médica e nas dezenas de estudos que hão-de haver sobre o tema... É o seu risco. E infelizmente o risco dos seus filhos se os tiver. Não é por querer muito que esse delirante esteja certo que ele passa a estar.

      Eliminar
  5. Era bom se a viagens no tempo fossem uma realidade. Assim estes fanáticos das teorias das conspirações podiam ir passar uns tempos na era pré-vacinas para verem como era a realidade. Iam lá encontrar muitas das suas queridas medicinas alternativas e podiam praticar uma saúde 100% natural.
    P.S.: não vale levar comprimidos da medicina convencional no bolso.

    ResponderEliminar
  6. Você é que parece estar com problemas em "viajar" ao tempo das pré-vacinas. O Luc Montagnier também já admitiu que nunca isolou o vírus da SIDA. Muitos outros já verificaram o mesmo, a manipulação da ciência para outros fins é cada vez mais óbvia e está bem documentada - "Dizem que não há bruxas, mas que as há, há!"

    Everybodys HIV Positiv (Roberto A. Giraldo MD)
    https://www.youtube.com/watch?v=7cEZxzQOnF0

    A lista de dissidentes da ciência e cientistas "suicidas" é imensa, essa é a realidade, não a conspiração. Só os cépticos parecem estar cheios de certezas, provavelmente porque racionalizam o que deveria ser, e não o que são os factos concretos. Aguardando pelo oficial serão inevitavelmente os últimos a saber. Os sistema de revisão por pares tornou-se uma espessa máfia, e até o povinho sabe disso.

    ResponderEliminar
  7. O que o Dr. Lanka levanta é o véu de todo um grande embuste que se perpetua, por exemplo, através de blogues como este, que estão atolados num paradigma de onde não conseguirão sair inteiros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo a dizer: o risco é seu se prefere acreditar num demente que não consegue publicar artigos há mais de 20 anos em vez de literalmente TODA a gente que trabalha na Medicina hoje em dia. Esse ponto de vista é tão desligado da realidade, que nem vale a pena referir o ridículo que é todo o caso desse Sr Lanka, cuja visão já foi refutada tantas vezes que nem tem piada.

      Eliminar
  8. Vamos separar as teorias da ciência, dos factos concretos:
    Dr. Stefan Lanka: the history of the infection theory (english subtitles)
    part 1: https://www.youtube.com/watch?v=4p6EoUYrTyQ
    part 2: https://www.youtube.com/watch?v=Or7lQ58m7i8
    part 3: https://www.youtube.com/watch?v=aaDcatV38pI

    Acabemos com o obscurantismo, de modo a não prejudicar o que há de positivo na ciência, dentro das suas virtudes e limitações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito engraçado como para si milhares de estudos (mais de 250 mil na área das vacinas, para ser específico) são "obscurantismo", mas uns vídeos bonitinhos de Youtube são uma maravilha e a verdade absoluta. Não há absolutamente nada de errado nisso. Nem no facto de o Sr Lanka ser um aldrabão que não paga o que prometeu porque... lhe apresentaram provas a mais. Sem dúvida um exemplo a seguir.

      Reforço: pobres dos seus eventuais filhos se lhes impuser estes ideais. Correm o sério risco de sofrer à sua custa. Mas enfim, nem todos os pais se preocupam mais com a saúde dos seus filhos do que os médicos. É o seu caso, pelos vistos. Ou então pode dar-se o caso de ninguém depender das suas decisões, o que será uma situação mais feliz, pois aí o problema é só seu.

      Eliminar
  9. É claro que não existem vírus, nem micróbios, nem bactérias. É tudo invenção de uns malucos a começar pelo Pasteur na ânsia de fama e lucros fabulosos. Nem sequer doenças existem, é tudo invenção dos médicos para ganharem dinheiro à custa dos crédulos. Antes deles, já os curandeiros semi-selvagens aldrabavam quanto podia com as suas ervas e mezinhas. Não aceite as vacinas: lembre-se que é preferível ter sarampo ou varíola a ser autista.

    ResponderEliminar
  10. Deixe de considerar os outros como estúpidos, a começar pelos seus leitores:
    1 - Você tem noção da quantidade de patentes suprimidas por alegada "U.S. national security"?
    2 - Tem noção do impacto dessas patentes sobre o (pernicioso) consenso científico?
    3 - Tem noção do impacto dessa supressão sobre a ciência e a tecnologia, e as vidas que tem ceifado (população e cientistas)?

    Respeite pessoas como o Dr. Lanka e tantos outros bravos, se quer ser respeitado! Busque o seu lugar, sem pedantismo. Sentir-se ofendido com o que escrevi é da sua total responsabilidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vou respeitar esse Sr Lanka quando ele pagar o que prometeu a quem lhe forneceu provas daquilo que ele dizia que não existe. Até lá,ele não é mais do que um aldrabão que não merece respeito.

      Eliminar
  11. Sobre a suposta reaparição do sarampo (umas das notícias do dia), digo apenas, estamos na primavera, cuidado com o consumo excessivo de morangos, as reacções do tipo alérgico não serão mera coincidência, mas passarão facilmente como sarampo, especialmente, quanto mais a idade for tenra. Esta mesma reacções terá variada sintomatologia dentro do característico.

    ResponderEliminar
  12. O VÍRUS DO SARAMPO NÃO EXISTE

    Relacionar o "suposto" reaparecimento do sarampo com as pessoas que se recusam a vacinar os filhos é esticar bem a corda. Será que a recente vaga de refugiados não terá alguma coisa a ver com os números anunciados? Infelizmente, agora a caracterização dos doentes é cada vez mais anónima, como convém. E o sarampo que ataca os já vacinados é também curioso, como no caso da Itália, onde a vacinação é obrigatória.

    O VÍRUS DO SARAMPO NÃO EXISTE, ESTÁ AQUI ESCARRAPACHADO - E agora, quero ver qual é a desculpa e que raio estão a injectar nas crianças!!!
    https://nworeport.me/2017/01/23/german-supreme-court-rules-measles-does-not-exist/

    http://anonhq.com/anti-vaxxer-biologist-stefan-lanka-bets-100k-measles-isnt-virus-wins-german-federal-supreme-court/

    Acho que é hora de começar a abordar estes factos, e não simplesmente tratar de desacreditá-los, um caminho demasiado fácil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é por repetir uma mentira várias vezes que você passa a ter razão:

      Bem, já que usa vídeos de Youtube e blogues como provas científicas, suponho que não se importa que eu faça o mesmo:

      http://www.dailymail.co.uk/news/article-2993099/Biologist-does-not-believe-measles-exists-offered-100-000-euros-proved-wrong-ordered-judge-hand-cash-German-doctor-sent-medical-study.html

      http://theness.com/neurologicablog/index.php/yes-dr-lanka-measles-is-real/

      http://scienceblogs.com/insolence/2008/11/18/theres-no-such-thing-as-viruses/

      http://www.pepijnvanerp.nl/2017/01/disappointing-outcome-of-bardens-vs-lanka-measles-proven-to-exist-but-anti-vaxxer-lanka-keeps-his-money/

      https://www.youtube.com/watch?v=fzo_XTQP5II&list=PL890EE1A63AF7665B

      http://www.bbc.com/news/world-europe-31864218

      http://metro.co.uk/2015/03/16/anti-vaxxer-loses-e100000-bet-after-claiming-measles-was-not-a-virus-5105228/

      http://www.medicaldaily.com/anti-vaxxer-biologist-stefan-lanka-bets-over-100k-measles-isnt-virus-court-orders-him-325636

      http://www.latimes.com/business/hiltzik/la-fi-mh-a-vaccine-denier-20150320-column.html

      Não só esse Lanka é um aldrabão, mas um mentiroso também, já que face às provas apresentadas não pagou o prometido.

      Eliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.