domingo, 5 de fevereiro de 2017

Conferência: Alfabetização de adultos

No próximo dia 10 de fevereiro, entre as 14h00 e as17h00 realiza-se no anfiteatro da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com entrada livre, a conferência "Alfabetização de adultos", composta por três comunicações:
Literacia: questões psicolinguísticas, educacionais e sociopolíticas.
José Morais | Universidade Livre de Bruxelas 
Plasticidade cerebral e cognitiva: o caso da aprendizagem da leitura na idade adulta. 
Régine Kolinsky | Universidade Livre de Bruxelas 
Alfabetizar: uma abordagem analítica e sistémica.
Isabel Leite | Universidade de Évora
Sobre a conferência:

O conceito de literacia será analisado segundo três dimensões: sistema de escrita, nível de capacidade e domínio de expressão, e para cada uma serão considerados os aspetos de realidade mais relevantes. Serão, em seguida, resumidas as linhas gerais da aprendizagem da leitura e da escrita no sistema alfabético e do desenvolvimento da literacia, as suas implicações para o ensino, e da situação da literacia no mundo. Enfim, será discutida a questão do futuro da literacia em referência a valores éticos

Sobre os conferencistas:

José Morais, professor emérito de Psicologia da Universidade de Bruxelas, é um reconhecido investigador dos processos cognitivos associados à leitura. Da sua vasta obra de dimensão internacional destacam-se os livros “A arte de ler”, “Alfabetizar em democracia” e, o mais recente, “Lire, écrire et être libre”.

Régine Kolinsky, doutorada em Psicologia, é Diretora da Unidade de Investigação em Neurociências Cognitivas da Universidade Livre de Bruxelas. É autora de mais de cem artigos científicos e foi professora visitante na Universidade Federal de Santa Catarina.

Isabel Leite, doutorada em Psicologia pela Universidade de Évora, tem realizado investigação de mérito na área do desenvolvimento linguístico e da aprendizagem da leitura e da escrita, em diversas populações e ntre as quais se contam as de analfabetos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.