segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

LIVROS PARA O NATAL


A lista dos mais belos já aqui foi publicada. Agora é a vez da lista dos livros, mais baratos, que, sendo novidades, constituem óptimas prendas. Não são os "melhores de 2016" (o que exigiria uma selecção mais apurada), mas uma selecção de entre os últimos dos escaparates das livrarias. A ordem é a alfabética do apelido do autor.

- AIBÉO, Alexandre, "90%* do caro leitor foi feito nas estrela", Gradiva. Um dos grandes divulgadores da astronomia entre nós apresenta o céu para toda a gente no único livro português e, porventura, em todo o mundo que tem um asterisco no título.

- ARAÚJO, António, "Da Direita à Esquerda. Cultura e Sociedade em Portugal, dos anos 80 à actualidade", Saída de Emergência. Qual é a diferença entre direita e esquerda em Portugal? O jurista e historiador António Araújo, que também dirige a colecção de ensaios da Fundação Francisco Manuel dos Santos, mostra um conhecimento exaustivo da produção cultural portuguesa nas últimas décadas, não ignorando o que por vezes e indevidamente se chama "baixa cultura".

-  CRUZ, Afonso, "Mil anos de esquecimento, Enciclopédia da História Universal",  Alfaguara. É um dos novos escritores já consagrado. este é o 3.º volume de uma colecção estranha, pois nesta colecção de "entradas"  se mesclam curiosidades, citações, breves ficções sem que o autor perceba, pelo menos à primeira vista o que é real e o que é invenção do autor.

- KAKU, Michio, "Hiperespaço. Uma odisseia científica através de universos paralelos...", Bizâncio. O tema dos universos paralelos é um dos mais actuais da física contemporânea. O físico norte-americano de origem japonesa com vários best-sellers entre nós leva nos para esses "outros mundos".

- LOPES, Adília, "Bandolim", Assírio e Alvim. Uma das mais originais poetisas contemporâneas não pára de nos surpreender. Aqui é um conjunto de achados: pequenos poemas, mas também mini-histórias, citações, lembranças inesperadas, papéis do  imenso baú mental da autora.

- MURCHO, Desidério, "Todos os sonhos do mundo e outros ensaios", Edições 70. Um dos maiores divulgadores da filosofia em Portugal, cofundador do blogue "De Rerum Natura" reúne aqui alguns dos seus ensaios filosóficos. Desidério Murcho ensina-nos a pensar.

- PIO ABREU, J.L., "A queda dos machos. cartas às minhas amigas", Dom Quixote. O conhecido psiquiatra de Coimbra, autor de "Como tornar-se doente mental",  ensaia aqui a desconstrução de alguns dos estereótipos actuais sobre a relação entre o sexos. Estimulante!

- RODRIGUES, Nelson. "A menina sem estrela. Memórias". Tinta da China. Memórias de um cronista e dramaturgo brasileiro cujas edições chegaram tarde a Portugal mas ainda a tempo. Saíram quase ao mesmo tempo um volume de crónicas e outro de contos.

- TETLOCK, Philip, "Superprevisões, A arte e a ciência da previsão", Gradiva. Um psicólogo social canadiano ensina-nos a prever o futuro, contando a sua experiência de torneios de previsão, na qual pessoas comuns conseguiram bater especialistas de informação do governo dos Estados Unidos. Há métodos, seguros, para diminuir a incerteza sobre o futuro, embora essa incerteza esteja garantida.

- WELLS, H G., "A máquina da tempo", Antígona. Nova tradução -havia várias- de um dos clássicos de ficção científica de um autor britânico famoso que - poucos o sabem - passou uma temporada em Portugal. Introdução de Manuel Portela, especialista em literatura inglesa.




1 comentário:

  1. “SONHO COM ASAS”, publicado este ano pela Kalandraka em Português e Espanhol, galardoado no VII Prémio Internacional Compostela para álbuns ilustrados, é um livro infanto-juvenil que merece ser retido como potencial prenda para este Natal: http://www.kalandraka.com/fileadmin/images/books/dossiers/Sonho-com-asas-Pt.pdf .

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.