segunda-feira, 14 de novembro de 2016

ÍRIS CIENTÍFICA 3




Haverá água no Sol? E água salgada em Marte? E o que se passa com a mancha alaranjada de Júpiter? Qual foi a rainha portuguesa inseminada artificialmente? As mulheres veem mais cores do que os homens? Será possível “ver” os sonhos? Estas são algumas das perguntas que são exploradas no meu novo livro “Íris Científica 3”, que acaba de ser publicado numa edição de autor. Este é o meu sétimo livro de divulgação científica.
Recordo que o primeiro volume sob o título “Íris Científica” foi publicado em 2005 pela editora Mar da Palavra. Nesse livro, que esteve durante muitos anos no Plano Nacional de Leitura, estão reunidas 20 crónicas de divulgação científica que escrevi, ao longo de 2004, na secção "Temas de Domingo" do Diário de Coimbra.
Os textos de divulgação científica que tenho escrito desde 2011 têm sido publicados, na sua maioria, em dezenas de jornais regionais portugueses, principalmente através da iniciativa da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica designada por “Ciência na Imprensa Regional – Ciência Viva”, de que fui primeiro coordenador.
Em 2014 publiquei o “Íris Científca 2”, uma edição de autor, no qual reuni 33 crónicas de divulgação científica mantendo o formato do primeiro volume.
No presente “Íirs Científica 3”, como já adiantei, seleccionei 32 crónicas, que permitem ao leitor revisitar e viajar por alguns dos avanços científicos registados nos últimos anos, em diversas áreas do conhecimento. Os 32 textos entrecruzam olhares sobre diversas áreas da ciência como sejam a biologia, a química, a bioquímica, a física, a astronomia, a antropologia, a história da ciência, entre outras.
No seu conjunto, estas crónicas realizam uma abordagem interdisciplinar que permite um olhar amplo da ciência. Estão agrupadas em dois capítulos: o primeiro, “Além no Espaço”, com textos sobre a descoberta e compreensão do que existe para além da Terra e sobre a história da evolução do Universo em que existimos; o segundo, “Aqui na Terra”, sobre temas mais ligados à vida que se desenvolveu neste planeta e também à história da ciência.
Cada um dos textos pode ser lido independentemente dos outros. Assim, o leitor pode decidir o caminho de leitura que a sua curiosidade lhe sugerir. É um livro para ser explorado.
Por fim, espero que o leitor encontre nestes textos motivos para explorar o conhecimento científico, discuti-lo em família, com os amigos, com os colegas de trabalho. Dada a dimensão curta de cada texto, não é possível explicar detalhadamente todas as matérias que o compõem. Este livro é, assim, um ponto de partida para a descoberta de mais ciência.
É preciso mais cultura científica na nossa sociedade. Se este livro contribuir para isso, cumpre o seu principal objectivo.

Indico a seguir a listagem dos textos incluídos neste livro.

ALÉM NO ESPAÇO                                                                        
Mais perto do longe                                                                      

Qual é a massa da Via Láctea?                                                     

Terra, a estrela da tarde marciana                                               
Água salgada em Marte?!                                                             
O vento que levou a atmosfera de Marte                                     
O que se passa com Júpiter?                                                         

Juno chegou a Júpiter                                                                    

Um mar imenso numa Lua de Júpiter                                           
Breve história da sonda Roseta                                                     
À luz do Telescópio Espacial Hubble                                             

Detectadas novas ondas gravitacionais                                        

Água Solar                                                                                      
Florir no espaço                                                                             

Um dueto cósmico                                                                         


AQUI NA TERRA                                                                            

O Oxigénio e a evolução da vida                                                   

De que átomos somos feitos?                                                        

Ver a substância dos genes                                                           
ADN: a molécula da hereditariedade                                            
Uma explosão de cores na visão feminina                                    
Ver os sonhos                                                                                 
Antes de um gesto                                                                         

Onde moram as palavras?                                                            

O ovo “perdido” entre aves e dinossauros                                    

Sexo entre neandertais e humanos modernos                              

A rainha portuguesa inseminada artificialmente                         
Abelhões e flores                                                                           
Novas sobre os glóbulos vermelhos                                              
Abril, águas mil                                                                              
As cores do Outono                                                                        
Uma história mal contada                                                             

Einstein tinha razão                                                                       

O Planeta Iluminado

Sobre a minha escrita disse o Professor Carlos Fiolhais no seu prefácio ao meu livro “Caminhos de Ciência”: "António Piedade é um talentoso comunicador de ciência. Tem-se revelado, nos últimos anos, uma voz original na comunicação de ciência em língua portuguesa, uma voz que consegue com aparente facilidade transpor a barreira entre os primeiros exploradores e aqueles que estão interessados em saber novas da exploração. (...) Há um elemento muito peculiar na escrita de António Piedade que contribui sobremaneira para o prazer da leitura: é a marca literária, por vezes mesmo poética, que ele sabe imprimir à sua escrita. "
Podem ainda ler o prefácio que Carlos Fiolhais também fez a um outro livro meu, “Diálogos com Ciência”, aqui: http://dererummundi.blogspot.pt/2015/11/prefacio-dialogos-com-ciencia-de.html

Este livro “Íris Científica 3” é uma edição do autor, pelo que os interessados devem encomendar exemplares através do email: apiedade@ci.uc.pt 
ou através de mensagem no Facebook: 
https://www.facebook.com/antonio.piedade.9


Obrigado.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.