sábado, 30 de janeiro de 2016

A Rússia e a Europa

José Milhazes analisa as relações entre Rússia e Europa no novo ensaio da Fundação Francisco Manuel dos Santos:


«A Rússia não é a “santa” que actualmente é vendida pela propaganda do Kremlin, ao ponto de se afirmar que esse país nunca atacou qualquer vizinho e foi apenas alvo da cobiça de potências estrangeiras, ou que é o “futuro radioso”, em comparação com o Ocidente minado pela “decadência” ou “depravação”. Mas, também, não é o “urso feroz, agressivo e selvagem”, imagem frequentemente desenhada por alguns dos mais inflamados defensores dos chamados “valores ocidentais”.»


A Rússia sempre foi um país de contrastes, com um pé na Europa e outro na Ásia.  Neste quadro, também a ligação entre Portugal e Rússia foi mudando ao longo dos séculos, desde pelo menos o século XIII, altura em que exportávamos sal para aquela região. Do longínquo Rus de Kiev até à nação orgulhosa liderada por Vladimir Putin, as contradições, as desconfianças mútuas e as disputas de poder foram moldando as relações entre a Rússia e o Ocidente, o seu lugar natural de pertença. Ou não?

Neste volume, Rússia e Europa: Uma parte do todo,  José Milhazes faz uma panorâmica histórica deste relacionamento, recorrendo a episódios e personalidades marcantes para a história de ambos: dos laços económicos e política de alianças mantidos desde a Idade Média aos desafios lançados neste século XXI, marcado por um renascimento do orgulho russo e por um esfriamento das relações políticas. Sabia, por exemplo, que Dostoievski, escritor de referência da literatura ocidental, era um nacionalista eslavo que desconfiava da Europa? Da ficção à realidade, Rússia e Europa continuam a ser territórios com histórias por contar.

José Milhazes nasceu na Póvoa de Varzim em 1958. É licenciado em História da Rússia pela Universidade Estatal de Moscovo (Lomonossov) em 1984 e doutorado pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 2008. Entre 1989 e 2015 trabalhou como correspondente de vários órgãos de informação, nacionais e internacionais, na Rússia e na Comunidade dos Estados Independentes. Assinou numerosos artigos e livros sobre as relações entre Portugal e a Rússia, sobre a política da URSS nas ex-colónias portuguesas de África e sobre as relações entre o Partido Comunista Português e o Partido Comunista da União Soviética. Leccionou em várias universidades russas e portuguesas. Actualmente é comentador de assuntos internacionais da SIC e RDP. É Cavaleiro da Ordem de Santa Maria (Estónia) e Comendador da Ordem de Mérito (Portugal).

Lançamento: 27 de janeiro | 18.30 | Sala do Arquivo dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.