quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Morrem cedo os que os deuses amam


Não queria acreditar ao ouvir a notícia de manha, pois ainda há dias estive com ele no palco do Rivoli portuense, no Forum do Futuro que ele organizou. estava cheio de vida a receber John Mather, o Nobel da Física que veio a Portugal para as comemorações do Ano Internacional da Luz.  Hoje de madrugada a vida de Paulo Cunha Silva, vereador da cultura da Câmara Municipal do Porto, apagou-se repentinamente. Poucos como ele souberam inserir a Ciência na Cultura, ligando-a com a Arte e o Pensamento Contemporâneo (disciplina de que ele era professor na Universidade do Porto). A Câmara do Porto e a Universidade do Porto saberão, estou certo, continuar a sua obra. Que descanse em paz.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.