terça-feira, 13 de outubro de 2015

MUDANÇAS À VISTA NA CIÊNCIA

Toda a gente sabe que o sistema de ciência português foi uma das grandes vítimas da troika e e do governo de Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, que queriam ir além da troika. Diminuíram de 1,6 para 1,3% a parcela do PIB dedicada á ciência, para além de terem encolhido o PIB. Mandaram fechar metade das unidades científicas nacionais, em nome de uma avaliação iníqua. Fizeram uma razia nas bolsas, lançando uma geração de jovens na emigração. Desprezaram a cultura científica. Em documento público entregue pelo PSD e CDS ao PS pretendem apenas uma mudança na sua política de destruição da política nacional:

“Reforçar o programa do emprego científico, substituindo progressivamente a atribuição de bolsas de pós‐doutoramento anuais ao longo de seis anos pela criação, para investigadores doutorados, de um muito maior número de novos contratos de Investigador. As bolsas de pós‐doutoramento devem passar a ter durações mais curtas e servir de estímulo para o desenvolvimento de carreiras de investigação.”

É muito, muito pouco. Por que não reconhecem que foi um erro a queda brutal do orçamento da ciência? Por que não reconhecem que a avaliação deles foi uma  fraude, que na prática serviu para  criar distorções injustas e prejudiciais? Por que não falam do reforço da cultura científica?

O PS fará muito mal a aceitar tão pouco na área da ciência, uma área de falhanço total da ex-maioria de direita.


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.