segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O QUE ANDO A LER - "HISTÓRIA PRODIGIOSA DE PORTUGAL - MAGIAS E MISTÉRIOS"

O último livro de Joaquim Fernandes, jornalista, investigadoe e professor, revela pela primeira vez a emergência de práticas e crenças paranormais em Portugal, no século XIX, como sejam, por exemplo, os primeiros passos das chamadas "mesas pé de galo" em Portugal a partir de 1853.

 No livro "História Prodigiosa de Portugal. Magias & Mistérios (edição Verso da História, 2015), com prefácio do psiquatra Mário Simões, que se segue a um primeiro volume saído noutra editora (cuidado que a capa é parecida!) merecem particular destaque:

 - a divulgação do uso terapêutico do chamado "magnetismo animal", na década de 1840, iniciada na Universidade de Coimbra, que entusiasmou lentes da Academia;

 - o acolhimento em Portugal do fenómeno das "mesas-girantes", logo em 1853, em que se destacam ilustres deputados que preferiam abandonar o hemiciclo e os oradores para experimentarem as enigmáticas mesas de pé de galo!

-  a "vaga espírita" de 1900, centrada no Porto, onde foi reelvante o "Jornal de Notícias", que no Outono de 1900 levou a sociedade portuense a experimentar as "séances! " em redor das mesas de pé de galo, conduzindo a uma febre de espiritismo, que logo alastrou pelo país. Apesar de ainda haver quem se dedica a essas práticas espíritas, hoje só podemos sorrir...

No século XIX era uma coisa séria, com grandes cientistas como William Crookes (o autor dos tubos de Crookes) a acreditar nessas práticas e Joaquim Fernandes fez um excelente trabalho de aqruivo que revela como a moda do espiritismo cedo chegou a Portugal, onde conheceu um êxito comparável ao de outros lados.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.