sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Já saiu "A Era do Deslumbramento"

NÚMERO 100 DA COLECÇÃO «TRAJECTOS»!

Leia aqui o prólogo e o excerto de um dos capítulos

A Gradiva comemora a publicação do número 100 da colecção «Trajectos» com a edição especial de uma obra singular.


A Era do Deslumbramento é um livro único, de história e de história da ciência, que venceu o Prémio da Royal Society. Segundo o próprio autor, o reputadíssimo Richard Holmes, «é uma corrida de estafetas de histórias científicas, que se interligam para explorar a narrativa histórica mais abrangente» de uma época. Incide sobre a revolução científica que teve início na Grã-Bretanha no final do século XVIII e produziu uma nova visão da ciência e do mundo.

Esse período romântico é, de uma forma simbólica, balizado por duas célebres viagens de exploração: a expedição de circum‑navegação do capitão James Cook a bordo do Endeavour, em 1768, e a viagem de Charles Darwin às ilhas Galápagos, a bordo do Beagle, em 1831. Essa é a A Era do Deslumbramento, quetrouxe intensidade imaginativa e carácter empolgante ao trabalho científico. Esta manifestou-se, entre outros aspectos, pela ligação das descobertas a personalidades individuais. 

Richard Holmes é um excelente contador de histórias e, por isso, trata as teorias focando-se nas pessoas. Apresenta e reflecte sobre as várias questões da ciência, mas tudo se traduz no fim, afinal, numa narrativa admirável de histórias humanas empolgantes e factos históricos decisivos. Richard Holmes capta o pulsar das descobertas científicas e o sentimento dos homens que as realizaram, reconstituindo o contexto dessa época tão marcante no percurso da aventura humana.

Considerado o Melhor Livro do Ano para o New York Times Book Review, A Era do Deslumbramento é uma obra de grande fôlego, informativa e de leitura compulsiva, acessível e cativante.

«Extraordinário... Uma fusão ambiciosa e inteligente de história, arte,
ciência, filosofia e biografia.»
The New York Times


«Copioso e brilhante, um livro maravilhoso.»
Claire Tomalin, Guardian


«Emocionante: um quadro de uma ousada aventura nas estrelas, pelos oceanos, na profundeza da matéria, da poesia e da psique humana.»
Independent
Autor(es)
Richard Holmes é fellow da British Academy e foi professor de Estudos Biográficos na Universidade de East Anglia. É doutor honoris causa pelas universidades de East Anglia, East London e Kingston e foi agraciado com a Ordem do Império Britânico em 1992. O seu primeiro livro, Shelley: The Pursuit, venceu o Prémio Somerset Maugham em 1974. Coleridge: Early Visions venceu o Prémio Livro do Ano Whitbread em 1989 e Dr Johnson & Mr Savage venceu o Prémio James Tait Black. Coleridge: Darker Reflections venceu o Prémio Duff Cooper e o Prémio Heinemann. Publicou dois estudos sobre a biografia europeia, Footsteps: Adventures of a Romantic Biographer em 1985 e Sidetracks: Explorations of a Romantic Biographer em 2000. Vive em Londres e em Norfolk com a romancista Rose Tremain.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.