segunda-feira, 15 de junho de 2015

UMA ANEDOTA NACIONAL

Luís Reis Torgal escreveu no Público de ontem um artigo de opinião sobre o Metro Mondego. É, de facto, uma anedota nacional, que tem sido contada pelos sucessivos governos. O último, ainda em funções, continua a anedota: carris ferroviários arrancados, estações fechadas, casas arrasadas, quarteirões urbanos em ruínas, tudo isso por incompetência governativa. Ainda há pouco Pedro Passos Coelho esteve em Coimbra, no Portugal dos Pequenitos, e disse, ainda que por outras palavras, que a anedota era para continuar. O problema é que não dá nenhuma vontade de rir.  

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.