terça-feira, 19 de maio de 2015

MERA SUPLENTE

O Público já confirmou, depois de lido o Diário da República. As funções que o ministro Nuno Crato atribuiu à actual Presidente da FCT, Maria Arménia Carrondo, são de mera suplente. Só tem mandato para substituir o presidente que caiu em desgraça, Miguel Seabra, durante o tempo que este tinha atribuído. Os vice-presidentes que ajudaram à desgraça  mantêm-se. É como se a ciência tivesse apenas uma gestão interina. Não faz qualquer sentido pois a ciência nacional precisava de olhar para o futuro e não de manter o lamentável passado recente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.