quinta-feira, 16 de abril de 2015

NOVA PRESIDENTE DA FCT


Já é oficial, confirmando a informação que circulava desde há dias na comunidade científica. Maria Arménia Carrondo, professora da Universidade Nova e investigadora do ITQB, a mesma Universidade e o mesmo Laboratório Associado que Miguel Seabra (que, como é sabido, tem acumulado com um lugar no Imperial College de Londres). Nascida em Vila Nova de Famalicão é engenheira química pela Universidade do Porto, correspondendo em parte ao perfil que aqui tracei há dias. O seu doutoramento foi no Imperial College. Carrondo foi vice-reitora da Universidade Nova e tem sido assessora de Seabra na FCT, um facto que suscita preocupações e que obviamente não encaixa no referido perfil..

Não se lhe conhece posição pública sobre o enorme desatino que foi o corte de 50% das unidades de investigação, nem sobre o clamoroso défice de qualidade da avaliação FCT-ESF nem ainda sobre a redução drástica nas bolsas de doutoramento e pós-doc. Vai ter agora oportunidade de se pronunciar e esperemos que se pronuncie em breve. A ciência precisa de justiça e de tranquilidade, que só se podem conseguir com transparência e integridade, tudo o que tem faltado. Ao estado de desgraça actual é justo que se suceda um estado de graça. Desejo à Doutora Carrondo muitas felicidades nas suas novas funções, ficando à aguardar que, com a rapidez necessária, ela proceda à indispensável mudança de uma política do posso-quero-e-mando, com a qual o ministro foi complacente, no sentido de um clima de diálogo com os cientistas e com a sociedade.  Vamos com interesse ver aquilo que diz e, acima de tudo, aquilo que faz.

Na foto, Maria Arménia Carrondo, a quem cumpre agora emendar os muitos erros de Miguel Seabra.

5 comentários:

  1. Vejamos no que isto vai dar. Tenho esperanças nela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum... acho que infelizmente vai ser mais do mesmo. Só mesmo os tribunais vão conseguir parar a veia destruidora desta equipa... e quando o fizer, será tarde de mais.

      Eliminar
  2. Há uma Agenda a cumprir, e ela não é a nossa, vai ser preciso mais do que a acção dois eleitos.

    ResponderEliminar
  3. "correspondendo em parte ao perfil que aqui tracei há dias"

    ???????????????????????????????

    É das "bioqualquer coisa"
    É da Universidade Nova
    "É" (actividade profissional) de Lisboa
    É do círculo interno da FCT

    É Engenheira.

    Corresponde em 20% ao perfil que traçou. Digamos que é um "parcial" muito parcial.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.