quarta-feira, 1 de abril de 2015

CENTENÁRIO DO ORPHEU

Informação recebida do CLEPUL, Lisboa:

No âmbito da recém-criada ACADEMIA LUSÓFONA, inaugurar-se-á no próximo dia 6 de Abril de 2015 o seu CURSO GERAL, com um programa dedicado à celebração do centenário da publicação da revista Orpheu, momento simbolicamente marcante da nossa modernidade estética.

A SHIP, Instituição de Honra do 100Orpheu, promovido pelo CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, da Universidade de Lisboa), pelo LEPEM (Laboratório de Estudos de Poéticas e Ética na Modernidade, da Universidade de São Paulo) e por um conjunto de instituições nacionais e estrangeiras de reconhecido mérito científico e cultural, que atravessará Portugal e Brasil durante todo o ano de 2015 com as mais diversas iniciativas, vem convidar a participar na jornada inaugural do CURSO GERAL, segunda-feira, dia 6/4/2015, com o seguinte programa:

                16h: Acolhimento e Visita ao Palácio.
                17h: Inauguração da Exposição “Rostos & Refracções de Orpheu”(Roslam Botiev & Joaquim Carvalho). Apresentação de Miguel Real.
                18h: Sessão inaugural com Conferência “Mistérios de Orpheu” de Raúl Rosado Fernandes.
                20h30m: Jantar no Martinho da Arcada (inscrições na SHIP).

O CURSO GERAL da ACADEMIA LUSÓFONA constitui uma plataforma de apresentação e combinação de cursos, ciclos de palestras, exposições e worshops sobre as Culturas Lusófonas, da responsabilidade (organização, coordenação e lecionação) dos diferentes núcleos institucionais da SHIP e com colaboração de Instituições Associadas.


Assim, paralelamente ao programa diário de aulas entre as 14h30m e as 17h, realizar-se-ão Seminários 100Orpheu-SHIP, que abrem com esta conferência inaugural do Professor Raúl Rosado Fernandes e contarão com as participações de Lídia Jorge, Rui Vieira Nery, Francisco Simões, etc..Para mais informações consulte http://ship-sociedadehistorica.blogspot.pt/p/estudos-gerais-academia-da-ship.html

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.