domingo, 15 de março de 2015

Planos para o eclipse?

(Imagem: OAL)

Na  próxima sexta-feira, dia 20 de Março, ocorre um eclipse total do Sol que será visível como eclipse parcial em todo o território português, entre as 8 e as 10 da manhã (aproximadamente). 

Observar o Sol directamente pode ser bastante perigoso, pelo que é necessário alguma preparação. O Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) tem bastante informação, nomeadamente acerca de técnicas de observação segura.

Para realizar a observação directa é necessário usar filtros solares oculares, que mesmo assim apenas permitem a observação por tempos curtos. Não devem ser usada soluções de improviso, como radiografias, óculos de soldador, óculos muito escuros, vidros negros, etc. Para observar o Sol directamente precisa de usar óculos específicos para o efeito. Os filtros solares oculares são vendidos nalgumas lojas de material astronómico ou em revistas de astronomia (estrangeiras) nestas ocasiões. Devem ter marca CE obrigatória, cumprindo a Norma Europeia EN 169/1992 e a Directiva Europeia CEE 89/686.

Uma alternativa, preferível, é o uso de métodos de projecção, nos quais a imagem do Sol é projectada num alvo, permitindo uma observação indirecta. O OAL recomenda vários métodos de projecção.

1 comentário:

  1. Quero lá saber do eclipse.Isso era na idade média.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.