sábado, 7 de fevereiro de 2015

A ARBITRARIEDADE DA "AVALIAÇÃO" DA FCT

Como tenho vindo a dizer a "avaliação" dos centros de investigação feita pela FCT não é séria. E, para mais, o financiamento atribuído com base nela é arbitrário. Neste momento isso é  muito claro. Por que é que a direcção da FCT não se demite dado o péssimo trabalho que tem vindo a fazer? Ou por que é que Nuno Crato não a demite?

Ler notícia no Público de hoje: aqui.


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.