segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

O ARTISTA PORTUGUÊS NUNO MAYA VAI ABRIR O ANO INTERNACIONAL DA LUZ EM PARIS


Do Notícias ao Minuto:

Nuno Maya explicou à agência Lusa que foi convidado a fazer um espetáculo multimédia, em parceria com o artista finlandês Kari Kola, que versará sobre fenómenos de luz como a aurora e a aurora boreal, para a abertura oficial do Ano Internacional da Luz, designado para 2015 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

"Para mim é uma honra e tem grande importância participar nesta iniciativa da UNESCO. Não é todos os dias que Portugal está presente num evento destes", disse Nuno Maya, do atelier OCubo, um dos associados do Ano Internacional da Luz.

Durante os dias 19 e 20 de janeiro, a fachada do edifício da UNESCO estará iluminada, desde o anoitecer até às 24:00, com o projeto de luz "Light is here", que combina iluminação multimédia e vídeo-projeção, sobre aqueles fenómenos óticos naturais.

Nuno Maya tem desenvolvido, nos últimos anos, várias obras visuais e multimédia através do atelier OCubo - são dele alguns dos espetáculos de projeção em fachadas no Terreiro do Paço, Lisboa - em vários países, como Austrália, Japão, Alemanha, mais recentemente em Macau (China) e, em breve, na Bélgica, num projeto educativo com escolas de Ghent.

A Organização das Nações Unidas declarou 2015 o Ano Internacional da Luz para chamar a atenção para o desenvolvimento sustentado das tecnologias baseadas na luz e para a discussão sobre a sua importância cultural, económica e ambiental.

O objetivo do Ano Internacional da Luz é "esclarecer os cidadãos de todo mundo para a importância da luz e das tecnologias óticas nas suas vidas, no seu futuro e no desenvolvimento da sociedade", defende a UNESCO.

Nos dois dias de abertura em Paris está previsto um programa de debates que reunirá investigadores, instituições científicas, empresas de tecnologia e organizações não-governamentais.

O programa de iniciativas ao longo de 2015 também envolverá Portugal, a partir da coordenação do físico Carlos Fiolhais, com eventos como o Ponte de Luz - Festival de Arte e Luz, em julho, em Ponte de Lima, o Astrocamp, astronomia em agosto, em Paredes de Coura, e o Lumina - Festival de Luz, em setembro, em Cascais.

Todas as iniciativas e o programa da UNESCO podem ser consultados em www.light2015.org.

Imagem: P3 - Público.


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.