quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

FCT - A MANCHA E A SAÍDA DESONROSA

Informação recebida do SNESUP:

"A apresentação dos resultados da avaliação das Unidades de I&D pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) em vésperas de Natal demonstra que nada há de respeitável, ou honroso neste triste acontecimento. Abalado pelas inúmeras irregularidades, que motivou mesmo a nossa participação ao Ministério Público, cercado por várias denúncias públicas que incluíam falhas nos textos de avaliação, "avaliadores" sem currículo no campo que avaliam, quotas pré-estabelecidas, que motivaram a apresentação de reclamação por mais de uma centena de unidades, críticas por parte de investigares seniores, bem como CRUP, o que resta é uma posição politizada e extremada, de quem crê que a força tudo pode, sem perceber que esse é o gesto da inscrição da sua própria impotência. A própria European Science Foundation (ESF) parece agora mais longínqua na sua associação a este processo. A conferência de imprensa final mostrou o isolamento da Secretária de Estado da Ciência e do Presidente da FCT. Há quem pense que o processo está concluído, e que o sistema foi finalmente podado. Poucos são os que se sentem confortáveis em associar-se despudoradamente a este processo poluto. Apesar de alguns ajustes que parecem ter sido feitos para calar alguns, este processo continuar a ser uma mancha para o sistema científico nacional."

1 comentário:

  1. Basta de palavras. Impugnação judicial desta fantochada, já.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.