segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ATIREM-SE AO AR

Informação recebida do Teatro Experimental de Cascais:

ATIREM-SE AO AR, de António Torrado

O Teatro Experimental de Cascais estreia no próximo dia 20 de Dezembro ATIREM-SE AO AR, uma divertida comédia sobre a travessia aérea do Atlântico por Sacadura Cabral e Gago Coutinho.

Escrita em 2003, ATIREM-SE AO AR é uma peça de António Torrado que recria a célebre viagem de hidroavião que Gago Coutinho e Sacadura Cabral efectuaram em 1922, um dos mais importantes feitos na história da aviação mundial. Misturando factos históricos com ficção, criando vilões e colocando uma anacrónica Beatriz Costa no enredo, o texto foi escrito a pensar no público mais jovem, como é apanágio do autor, um dos mais celebrados escritores de literatura infantil teatral no nosso país.
O dramaturgo Miguel Graça criou agora, a partir do original, a sua versão de ATIREM-SE AO AR, com novas personagens e um outro olhar sobre a peça de Torrado, salientando-se a meta-teatralidade e o carácter didáctico da peça, mas mantendo o lado cómico e irreverente da peça.

O espectáculo conta com a participação de jovens actores formados pela Escola Profissional de Teatro de Cascais (EPTC), nomeadamente de David Esteves e Raquel Oliveira, e conta ainda com a participação do experiente actor do TEC, Sérgio Silva. A encenação é de Pedro Caeiro, também formado pela EPTC, que assina a sua segunda encenação profissional, depois de CASSIOPEIA de Miguel Graça.

Esta nova abordagem de ATIREM-SE AO AR é tanto para os mais novos como para os mais velhos, uma vez que o espectáculo se centra não apenas na viagem histórica de Gago Coutinho e Sacadura Cabral, mas também nas complexas relações teatrais entre actor, personagem e meta-personagem.

 

ATIREM-SE AO AR estará em cena até ao final de 2014,
retomará depois em 2015, até 18 de Janeiro

ATIREM-SE AO AR de António Torrado - estreou a 20 Dezembro

versão cénica Miguel Graça
encenação Pedro Caeiro
cenário | figurinos Fernando Alvarez
música | som Gonçalo Alegria
desenho de luz Pedro Caeiro
assistência de ensaios Gonçalo Romão | Jorge Saraiva
Interpretação Bruno Ambrósio | Bruno Bernardo | David Esteves | Filipe Abreu | Gonçalo Alegria | João Cachola | José Condessa | Marta Correia | Raquel Oliveira | Sérgio Silva

 
Teatro Municipal Mirita Casimiro, Estoril | ESTREOU A 20 DEZEMBRO 
Dezembro: dias 20, 21, 27 e 28 | Sábado e Domingo - sempre às 16h00
Janeiro: dias de 3 a 18 | Sexta às 21h30 | Sábado às 16h00 e 21h30 | Domingo às 16h00

Preços
Normal 10€
Reduzido 7,5€ (séniores | jovens | estudantes)
Reduzido 5€ (grupos de mais de 10 pessoas | profissionais do espectáculo | estudantes de teatro)
À venda lojas Fnac | ticketline 1820

M/6

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.