segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O que pode acontecer de pior no comportamento dos estudantes, acontece.

Ainda não é época de Queima das Fitas, festa (festa?) máxima nas universidades e politécnicos portugueses; ainda é só época de Latada, festa (festa?) de início de ano lectivo,  mas tudo o que pode acontecer de pior no comportamento dos estudantes acontece.

Imagem retirada daqui.
Em tempos pronunciei-me neste blogue sobre o assunto, mas foi antes de me ter sentido ultrapassada pelo espanto que esses comportamentos me causam. Não sou capaz de entender a sua razão e o seu sentido, a adesão de grupos enormes de pessoas, que são adultas, e muito menos entendo a passividade de quem tem poder institucional para os deter.

2 comentários:

  1. Se bem me lembro, a grande vantagem de ser jovem é que tudo podia ser pretexto para fazer uma festa... Hoje já não consigo fazer festa por tudo e por nada, e tenho pena.
    Sim, são festas. E que festas! E só participa quem quer. Mas, infelizmente, onde se juntam milhares de pessoas, a notícia é apenas aquilo que poderá ser pouco tolerado por uma sociedade a ficar cada vez mais intolerante nos costumes.
    O politicamente incorrecto pode acontecer na dodecafonia schoenberguiana como na facilidade pimbesca. Mas fica bem sentirmo-nos ofendidos com a segunda e aplaudir a primeira sem a entender sequer.

    ResponderEliminar
  2. Todas as Faculdades de cada UNIVERSIDADE deveriam ter a vontade - para não usar outro termo - em assumir o contolo das praches , dado que há quem não tenha a minimia responsabilidae/capacidade para o FAZER! O RESTO É CHOVER NO MOLHADO!

    E SE FOR NCECESSÁRIO MORRTER MAIS MALTA NOVA....ENTAO?????????????????

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.