quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CIÊNCIA NO JARDIM DE INFÂNCIA

Apresentação de livro da Fundação Francisco Manuel dos Santos no Instituto Camões: aqui.

1 comentário:

  1. Este comentário reporta-se ao vídeo “A Cência no Jardim de Infância”, relativo à apresentação do livro com o mesmo título, realizada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, responsável pela respectiva edição, no passado dia 21 de Outubro, no Instituto Camões.

    Segundo o filósofo François Châtelet (1925-1985) “na educação há uma espinha dorsal -a instrução - à qual se ligam, sem a ela se reduzirem, as outras modalidades de formação. Penso, em particular, na formação física. Não falo da ginástica sueca ou do jogging, mas da aquisição de uma espécie de inteligência do corpo”. E se para Ernest Krestchemer (psiquiatra e filósofo alemão, 1888-1964), “o homem pensa com o corpo todo”.
    muito mais o pensam as crianças na descoberta do mundo que as rodeia.

    Nesse livro são abordadas diversas temáticas como Química, História, Meteorologia, Matemática e Educação para a Saúde. Talvez porque, como aí foi dito, “quem não gosta não trabalha com as crianças”, penso poder ter sido esse o motivo da não abordagem da fundamentação científica da Psicomotricidade ( tão importante na passagem do pensamento concreto ao pensamento abstracto): esquema corporal, percepção espácio-temporal, lateralidade, coordenação óculo-manual, motricidade fina.

    Influência do dualismo cartesiano: “res extensa”-“res cogitans”? Ou será, apropriando-me, da metáfora, aí utilizada várias vezes, sobre casamentos e namoros, será que esta temática está reservada para segunda núpcias? Ou será por qualquer outro motivo?

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.