quinta-feira, 31 de julho de 2014

MAIS UMA RESPOSTA AO ESCLARECIMENTO NADA ESCLARECEDOR DA FCT

A resposta de Orlando Oliveira, professor de Física da Universidade de Coimbra, ao email de "esclarecimentos" enviado pela FCT:

Caro Sr. Presidente da FCT,

Li com atenção o texto que me enviou e, no caso particular do centro a que pertenço, não reconheço a validade do que afirma no texto enviado face aos critérios e ao resultado da avaliação. No que toca ao centro a que pertenço, o relatório dos avaliadores contém erros grosseiros, que não abonam nada a favor da tal robustez que reclama. Mais, no que toca à área da Física, tive o cuidado de efectuar uma análise dos dados bibliométricos (sim, sei que não traduzem tudo) e, em face desses dados, os critérios usados para a passagem à segunda fase só me conseguem gerar repulsa. Diria mais: algumas das vossas declarações são, para dizer o mínimo, desonestas. Parece que foi a actual direcção que descobriu a roda. Seria engraçada, se não fosse dramática, a forma como caracterizam todo o processo anterior de avaliação.

Atentamente,

Orlando Oliveira
Centro de Física Computacional
Departamento de Física, Universidade de Coimbra, Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.