segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

VOTOS PARA 2014: EMPREGO CIENTÍFICO

Depoimento que prestei à Lusa e que foi publicado, entre outros jornais, no DN, em conjunto com depoimentos de outras pessoas:

Carlos Fiolhais: Físico espera que 2014 traga mais ciência e emprego para os jovens

O físico da Universidade de Coimbra Carlos Fiolhais deseja que 2014 seja um ano com uma aposta maior na ciência e no conhecimento, vetores determinantes para um futuro mais conseguido.

 "Infelizmente, em 2013, a ciência foi menos, não foi mais. E eu desejo que haja mais ciência em 2014. Se queremos entrar no futuro decididos, temos de entrar pela porta da ciência", disse o ensaísta.

 Carlos Fiolhais, catedrático na Universidade de Coimbra desde 2000, recordou que os jovens, os cérebros que despontam, são a "maior riqueza" de um povo e pediu ainda emprego para esta faixa etária que precisa de "mais vida".

"Demos-lhes algumas bolsas, mas agora precisamos de lhes dar vidas, empregos nos centros de investigação, nas faculdades. A riqueza económica está baseada na ciência. Hoje, o conhecimento é o passaporte para se ser rico. Estes jovens  formados em Coimbra e nas outras universidades do país precisam de empregos científicos", sintetizou.

1 comentário:

  1. O conhecimento sempre foi o passaporte para se ser rico. Mas não é para ser rico que alguém quer conhecer.

    Que sejamos melhores em 2014

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.