terça-feira, 8 de outubro de 2013

A CHEGADA DO MODELO DE BOHR A PORTUGAL



Está a sair um artigo meu, com os químicos Sebastião Formosinho e Correia Cardoso, sobre a recepção do modelo de Bohr em Portugal. Deixo o resumo.

"Em 1913 Niels Bohr publicava o seu primeiro artigo sobre o modelo atómico. Após um resumo do quadro histórico em que aparece o modelo de Bohr, criado no contexto da teoria quântica de Planck e Einstein, dá-se notícia da sua recepção em Portugal até aos finais da década de 40, quando as dificuldades iniciais da teoria quântica já tinham sido resolvidas, a ponto de se começar a entender a natureza da ligação química. A recepção inicial do modelo atómico de Bohr em Portugal deu-se antes de 1920 graças a um “estrangeirado” italiano Giovanni Costanzo, professor do Instituto Superior Técnico, uma escola então muito recente. Nos começos dos anos 20, o modelo de Bohr passa a ser ensinado nessa escola pelo professor de Matemática Aureliano de Mira Fernandes, na disciplina de Mecânica Racional. Nas Universidades de Coimbra, Porto e Lisboa o modelo de Bohr também foi fazendo a sua aparição, mas nelas a novidade científica do modelo de Bohr restringiu-se a acções de divulgação e seminários, ao contrário do Técnico, onde essa novidade foi mais cedo incorporada no ensino."

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.