quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

TDT ou... TNT!



O meu caro amigo Luís Miguel Loureiro, jornalista da RTP, apresentou-nos hoje esta estória... e eu sinto-me indignado e envergonhado! Indignado e envergonhado porque vivemos num país com sabedores que ficam contentes por colocarem de parte mais de 10% da população; indignado e envergonhado pelo desplante do senhor da ANACOM em afirmar a alto e bom som que "quer queiram quer não queiram" será assim e paguem lá a digital fortuna em ano de severa crise; indignado e envergonhado por não compreender como é que uma empresa que gere lucros astronómicos como a PT não consegue dar uma resposta tecnológica satisfatória a esta questão. E, finalmente, indignado e envergonhado porque a História do Avanço Científico e Tecnológico é uma história de inclusão, de democratização, de chegada a muito mais pessoas com mais e melhor e esta triste estória conta-nos precisamente o oposto. Parabéns ao Luís por um belo trabalho de serviço público numa altura em que falar de serviço público é algo que dá comichão!

2 comentários:

  1. O bácaro TDT dará pouca chicha. A PT tem outros mais gordinhos, não?

    ResponderEliminar
  2. A questão ficou inquinada com conflitos de interesses desde o início, não tinha que ser a PT a gerir o processo ou qualquer outra empresa privada.
    O processo tinha sim que ser gerido e supervisionado pela própria ANACON.
    Bastaria a esta ter no seu site uma lista de modelos de receptores compatíveis, que se vendem quer em Portugal quer no estrangeiro! Porque o objectivo era a PT roubar os portugueses com box a 90 e mais euros, mas tramaram-se porque já existem aparelhos a 30 e menos euros que fazem o mesmo serviço!

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.