quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Steve Jobs sai de cena

Steve Jobs, histórico CEO da Apple, abandona o cargo por motivos de saúde. Goste-se ou não dos computadores macintosh é inegável que se tornaram referências e que os iPod's, iPhone's e iPad's definiram novas classes de produtos. Steve Jobs não é certamente uma figura consensual, mas o seu perfil empreendedor genial é uma coisa que faz falta em Portugal.

O que acontecerá à Apple, à beira da falência em 1997 quando Steve Jobs regressou à empresa, agora novamente sem Jobs?

Aqui, num discurso na Universidade de Stanford em 2005:

2 comentários:

  1. A Apple sobreviverá, viverá de pé; a apoiar e a impulsioná-la está uma fervorosa e devota comunidade virtual, sempre crítica e atenta aos passos da companhia.
    E é esta voz-da-consciência que não existia em 1997.
    Sobreviverá, dará bom fruto…

    ResponderEliminar
  2. Existe uma comunidade de hackers que se dedica a "furar" o sistema operativo dos Mac e a desbloquear iPhones, iPads e afins, procurando falhas de segurança nesses sistemas. Trata-se de um jogo de gato e rato que dura há anos. A notícia da saída de Steve Jobs resultou num post dessa comunidade que diz tudo: "The coolest cat". Os comentários a esse post, mais de uma centena, são uniformemente de absoluto respeito pelo homem e pela sua obra. Isto diz muito. Está em

    http://blog.iphone-dev.org/post/9352689002/the-coolest-cat

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.