sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

CIÊNCIA NO CÂMARA CLARA

Informação recebida do programa Câmara Clara da RTP2:

Dia 30 de Janeiro, domingo à noite

CONVIDADOS: MARIA MOTA E CARLOS FIOLHAIS

A portuguesa Maria Mota, um dos cientistas de topo nas investigações sobre a malária, e o físico Carlos Fiolhais, professor e autor de referência na divulgação científica, são os próximos convidados de Paula Moura Pinheiro. A investigação científica é dos raros setores que florescem num Portugal deprimido. Os cientistas portugueses estão a publicar cerca de 8000 artigos por ano; há unidades de investigação que merecem o investimento de organizações como a Fundação Bill Gates; e da Fundação Champalimaud espera-se que venha a ser para a Ciência aquilo que a partir dos anos 50 a Fundação Gulbenkian foi para as Artes. Maria Mota e Carlos Fiolhais explicam as razões deste boom num contexto em que tudo o resto parece correr mal e falam-nos de livros novos imperdíveis.

4 comentários:

  1. O programa passa a 30 de Janeiro e não Novembro.
    Continuação de boa divulgação.
    Patrício Simões

    ResponderEliminar
  2. Os portugueses estão a publicar cerca de 8000 artigos científicos e pseudo-científicos por ano;

    chamar científicos a alguns é exagero

    ResponderEliminar
  3. É exagero? Depende da definição de artigo científico. Hoje chama-se artigo científico a uma coisa que seja publicada numa revista com bom índice não sei de quê, independentemente da qualidade do conteúdo. Quem tenha bons conhecimentos tem elevada probabilidade de publicar muitos artigos bons segundo a definição que dei. Ora os cientistas portugueses viajam muito, estudam em muitos países, etc.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.