segunda-feira, 22 de junho de 2009

POEMA DA INTERROGAÇÃO

Mensagem recebida de Domingos da Mota em que rectifica um post convidado que publicámos da autoria de Paulo Trincão (em comentário, o poeta declara-se evolucionista):

Caros cientistas e filósofos,

Uma vez que o vosso colaborador Paulo Trincão usou um poema meu sem a sua transcrição integral (falta-lhe o título “Poema da interrogação”, bem como a respectiva epígrafe), e dado que esse poema é atravessado por uma carga de ironia muito forte, creio que não será o melhor exemplo para, poeticamente, exemplificar a sua tese do criacionismo (se entendi bem o artigo), antes pelo contrário.

Daí que deixei um comentário nesse artigo, e peço que o seu autor coloque o poema na íntegra, se mesmo assim o quiser manter, e já agora, explicite as referências, que são o meu blogue http://fogomaduro.blogspot.com/

Os melhores cumprimentos,

Domingos da Mota


Poema da interrogação

«Deus abençoou o sétimo dia e santificou-o, visto ter sido nesse dia que Ele repousou de toda a obra da criação.»

Génesis

Deus de tudo e do nada, se existes,
uno e trino, suprema omnisciência,
trabalhaste seis dias e resistes
impassível no céu, com paciência;

se em vez da criação numa semana
tivesses operado um mês a eito,
esculpisses o barro com mais gana
e fizesses um mundo mais perfeito;

(repara, por exemplo, vê o homem
que se diz ser à tua semelhança
e que mata e devasta e cria a fome,
em nome do poder e da abastança);

perdoa-me a pergunta impertinente:
existes como O Ser, ou como ente?

Domingos da Mota

17 comentários:

  1. Caro Domingos da Mota, parabéns pela pertinência do poema e pela reflexão a que o mesmo induz.

    Gostei da qualidade e elegância da ironia que pautam o seu poema (agora na íntegra).

    Esta situação parece ironicamente mostrar que para a perspectiva da criação dar lugar à da evolução basta-nos apenas ter acesso a mais informação, mais contexto :-)

    A l e p h

    ResponderEliminar
  2. Deus responde a Domingos da Mota

    A pergunt'impertinente não é,
    Desculpas, pedir não deverá.
    Responderei o mesmo que ao Moisés,
    E desde logo a saber ficará.

    A minha face ninguém a verá.
    No capítl'um, versículo dezoito,
    Apóstolo João confirmará,
    Em letra corrida e muito afoito,

    Que 'Deus nunca foi visto por alguém'.
    Fernando Pessoa não fica atrás,
    Repete o mesmo com algum desdém:

    'Não acredito em Deus, mas, Satanás.
    Se quisesse que eu acreditasse,
    Só se, e quando, a face me mostrasse.

    ResponderEliminar
  3. "Deus nunca foi visto por alguém"

    (Êxodo, 33:11)

    33:11 - E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois, tornava ao arraial; mas o moço Josué, filho de Num, seu servidor, nunca se apartava do meio da tenda.


    (DEUTERONÓMIO, 10:17)

    17 - Pois o SENHOR, vosso Deus, é o "Deus dos deuses" e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas;

    ResponderEliminar
  4. Evangelho de São João:

    Versículo 18. A Deus jamais alguém o viu. O Filho Unigénito, que é Deus e está no seio do Pai, foi Ele quem o deu a conhecer.

    Êxodo 33:18, 19, 20, 21, 22, 23

    18. Moisés disse: "Mostra-me a tua glória".
    19 E Deus respondeu: "Farei passar diante de ti toda a minha bondade, e proclamarei diante de ti o nome do SENHOR. Concedo a minha benevolência a quem Eu quiser, e uso de Misericórdia com quem for do meu agrado".
    20. E acrescentou: "Mas tu não poderás ver a minha face, pois o homem não pode contemplar-me e continuar a viver".
    21. O SENHOR disse: "Está aqui um lugar próximo de mim, conservar-te-ás sobre o rochedo".
    22. "Quando a minha glória passar, colocar-te-ei na cavidade do rochedo, e cobrir-te-ei com a minha mão, até que Eu tenha passado".
    23. "Retirarei a mão, e poderás então ver-me por detrás. Quanto à minha face, ela não pode ser vista".

    ResponderEliminar
  5. "Não acredito em Deus porque nunca o vi,
    Se ele quisesse que eu acreditasse nele,
    Sem dúvida que viria falar comigo
    E entraria pela minha porta dentro
    Dizendo-me: Aqui estou!.”

    Fernando Pessoa

    ResponderEliminar
  6. MITOLOGIAS !

    "Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá."

    Logo depois do encontro cara a cara com deus (Ex 33:11), ele diz para Moisés que ninguém poderá vê-lo e continuar a viver (Ex 33:20).

    Embora deus seja muito "tímido" para mostrar sua face a Moisés, ele permite uma olhada "pelas costas" (Ex 33:23).

    Os versículos citados são do livro Êxodo, capítulo 33.


    33:11 - E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois, tornava ao arraial; mas o moço Josué, filho de Num, seu servidor, nunca se apartava do meio da tenda.

    33:20 - E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.

    33:23 - E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.


    KTRETA !

    ResponderEliminar
  7. MITOLOGIAS ! (2)


    Deuteronómio 34:10)

    10 - E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o SENHOR conhecera face a face;

    ResponderEliminar
  8. NOTA: leia-se (Deuteronómio 34:10)

    ResponderEliminar
  9. Quando refere que estiveram frente a frente, e se ninguém pode ver a face de Deus, o que equivaleria a morrer, deduz-se que Moisés terá visto Deus com olhos espirituais e não com olhos naturais.

    ResponderEliminar
  10. À pergunta de Domingos da Mota
    ... ... ... ...
    perdoa-me a pergunta impertinente:
    existes como O Ser, ou como ente?

    A resposta está no Êxodo (3:13,14), quando Deus diz a Moisés para falar com o Faraó e informá-lo de que vai fazer sair os israelitas do Egipto:

    13. Moisés disse a Deus: «Eis que eu vou ter com os filhos de Israel e lhes digo:'O Deus dos vossos pais enviou-me a vós'. Eles dir-me-ão: 'Qual é o nome dele?' Que lhes direi eu?»

    14. Deus disse a Moisés: «EU SOU AQUELE QUE SOU.» Ele disse: «Assim dirás aos filhos de Israel: 'Eu sou' enviou-me a vós!»

    ResponderEliminar
  11. " ... deduz-se que Moisés terá visto Deus com olhos espirituais e não com olhos naturais."

    A culpa era do oftalmologista que tratava do escriba hebreu.

    ResponderEliminar
  12. " ... deduz-se que Moisés terá visto Deus com olhos espirituais e não com olhos naturais." (2)

    Mas pode ver ... pelas costas (Ex 33:23). Mesmo assim sabe que é o elohim !

    33:23 - E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.

    ResponderEliminar
  13. Ao Anónimo das 18:31

    Atenção:

    Elohim = deuses
    Elohá = Deus

    Quando escreveu Elohim deveria ter escrito Elohá

    ResponderEliminar
  14. “Uma constelação é evidentemente, muito menor que o poder dos Elohim; esta é, em outras palavras, muitos degraus abaixo da Sua Actividade. Um ser adiantado, conscientemente operando em algumas altas Esferas, está constantemente em contacto com os Elohim.”
    Saint Germain

    ResponderEliminar
  15. Poema da indignação

    Entre: ser e ente o demente.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.