quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

HUMOR ANTROPOLÓGICO

Em 30 de Setembro de 1880, quando as ideias da evolução humana eram discutidas em Portugal, o caricaturista Rafael Bordalo Pinheiro desenhava no jornal "António Maria" (cópia aqui da Hemeroteca Municipal de Lisboa que tem esse jornal digitalizado) um cientista que apresenta num congresso de antropologia que então se realizou uma mulher com cabeça muito pequena. Legenda (clicar para ver melhor):

"O professor Virchow hesitou em considerar como absolutamente provada a existencia do nosso homem terciario. Não hesitou porém em affirmar que o nosso caso de microcephalia é o primeiro do mundo. Os demais provos do globo podem levar-nos a palma n' outras coisas; em ter cabeças com menos cerebro, não."

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.