quarta-feira, 27 de junho de 2007

Uma Noite no Museu


Informação recebida do Pavilhão do Conhecimento / Ciência Viva:

1001 aventuras, 1001 enigmas, 1001 experiências científicas. Este ano atingimos o número 1001 de valentes exploradores que aceitaram o desafio de ter um museu só para si durante uma noite inteira.

Queres ser um deles? Para isso tens de estar à altura das aventuras que te propomos: transferir o líquido de um copo para outro através de uma palhinha gigante, implodir uma lata, fazer experiências com o tubo de Newton, andar numa bicicleta voadora, utilizar uma trotinete maluca, montar um esqueleto, identificar pegadas e sons de animais, observar a lua com um telescópio, fazer o molde de um fóssil, descobrir até que ponto o nosso cabelo é resistente, escrever uma mensagem utilizando uma linguagem estranha, comunicar em código morse, construir um altifalante, escapar a um alarme por laser, descobrir o código secreto que dá acesso a uma exposição.

E se te dissermos que isto é apenas a ponta do iceberg? Numa só noite, vais viajar no tempo por todas as 16 exposições que passaram pelo Pavilhão do Conhecimento ao longo de oito anos.

A tua perícia e raciocínio vão ajudar-te a superar os desafios científicos e a chegar à manhã do dia seguinte com a sensação de missão cumprida.

As inscrições estão abertas. Vem passar uma noite no Pavilhão do Conhecimento e embarca com os teus amigos numa aventura inesquecível.

Bagagem necessária: lanterna, saco-cama e muito espírito científico.

Destinatários:
Crianças dos 6 aos 12 anos

Datas:
Todos os Sábados, de 14 de Julho a 30 de Setembro de 2007.

Horário:
Das 19h30 de Sábado (entrada de grupos) às 11h00 de Domingo (entrada principal). Os horários devem ser respeitados.

Preço:
40 Euros (sócios: 35 Euros).
O preço inclui todas as actividades, pequeno-almoço e seguro de acidentes e responsabilidade civil.

Mais informações em:
www.pavconhecimento.pt

Informações e inscrições:
Dias úteis, entre as 10h00 e as 18h00.
Telefone - 218 917 100
Fax - 218 917 171
E-mail - info@pavconhecimento.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.