segunda-feira, 28 de maio de 2007

O SOL DO PINTOR


Informação recebida do Departamento de Física da Universidade de Coimbra


Para quem ainda não viu terá agora mais uma oportunidade para ver a exposição "O Sol do Pintor. Olhares Transversais", no Museu de Física da Universidade de Coimbra, Largo Marquês de Pombal (em frente ao Museu de Ciência da Universidade de Coimbra), organizada em colaboração com o Museu Nacional de Machado de Castro

A exposição que estava programada até 21 de Abril foi agora prolongada até 30 de Setembro. As razões que levaram ao prolongamento da exposição devem-se ao interesse manifestado pelo público, traduzido no elevado número de visitantes e nos vários pedidos feitos.

Ainda em Maio e durante o mes de Junho irá decorrer uma mostra de filmes.

Mostra de filmes (entrada livre)

29 Maio | 5, 19 e 21 Junho 2007
21h30 min | Museu de Física da Universidade de Coimbra


Cinema, arte do tempo. Pintura, arte do espaço. No centro disso, há a imagem. O olhar do pintor. O olhar do cineasta. Entre os dois poderíamos situar o olhar do cientista e a tecnologia óptica. O filme como metáfora, alusão, reflexão ou simplesmente… como arte. Da imagem e do tempo.

Com a mostra de filmes "Olhares Transversais" pretende-se desfrutar do mistério da deriva, do enigma do movimento livre entre a ciência e a arte. Para que continue a inventar-se uma cultura que nenhum domínio limitado possa restringir.

29 de Maio Rapariga com brinco de pérola [ Grã-Bretanha/Luxemburgo, 2003, 95' ]

Realização: Peter Webber. Intérpretes: Colin Firth, Scarlett Johansson, Tom Wilkinson


05 de Junho David Hockney: Secret Knowledge [Grã Bretanha, 2002, 72', BBC Omnibus, Prémio de Melhor Ensaio Emile-Nelligan Foundation, 21ª edição FIFA - INTERNATIONAL DU FILM SUR L'ART ]

Realização: Randall Wright. Participação: David Hockney

Apresentação por Pedro Redol, Director do Museu Nacional Machado de Castro


19 de Junho O Sol do Marmeleiro [Espanha, 1990, 139']

Realização: Victor Erice. Intérpretes: António Lopez, Maria Moreno


21 de Junho Palettes [França, 26' + 26']

Realização: Alain Jaubert

Apresentação por Alexandre Ramires , investigador da História da Fotografia


SOBRE O FILME "RAPARIGA COM BRINCO DE PÉROLA"

O que há por detrás de um quadro? O pintor holandês Johannes Vermeer (1632-1675) pintou mais de três dezenas de quadros. Um desses quadros, datado de 1665, tem o título de “Rapariga com Brinco de Pérola”, e retrata uma jovem mulher. É um dos quadros mais famosos e belos do pintor e é, também, das suas obras mais misteriosas por se desconhecer a mulher retratada no quadro. Partindo dessa dúvida, Tracy Chevalier ficciona em livro e Peter Webber adapta ao cinema, que essa mulher seria uma das criadas do pintor.

Numa história romanceada, a crise criativa de Vermeer (Colin Firth) é superada pelo aparecimento de uma musa na pele de uma pobre empregada, Griet (Scarlett Johansson). Em Griet, Vermeer encontra a receptividade da ignorância curiosa. A sua inocência e o seu intuitivo entendimento da pintura seduzem Vermeer e impulsionam o seu trabalho, que revela, através dela, passo a passo, o processo de criação e execução até à obra final.

A fotografia do português Eduardo Serra, num domínio completo de cor e luz, é ela própria pintura. A luz estudada, a textura das imagens reporta às pinceladas suaves das tintas espessas que Griet ajuda Vermeer a preparar no seu atelier, reconstituindo assim toda uma época através do uso da fotografia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.